Os 21 melhores livros da história, segundo especialistas

Os 21 melhores livros da história. Como chegar nesta ordem de prioridade literária essencial para nossa formação humanística? Jornais, revistas, sites especializados e grandes personalidades já se arriscaram a elencar o assunto. Para reduzir o viés subjetivo de uma ou outra lista, pesquisamos sete delas, publicadas por veículos renomados em literatura e cultura.

A primeira é a do britânico jornal The Guardian. O periódico fez uma intensa pesquisa com diversos especialistas. A Revista Bula, especializada em literatura, também fez outra interessante compilação. O site Estante Virtual, especializado em vendas de livros, a Revista Superinteressante, da Editora Abril, e os sites especializados Bookmundo, de Portugal, e Goodreads, da norte-americana Amazon, completam nosso estudo.

 

Os livros mais mencionados, pela ordem, foram:

  1. Ilíada e Odisséia, de Homero, um dos primeiros poetas da Grécia antiga
  2. Guerra e Paz, do gênio russo Liev Tosltói
  3. Orgulho e Preconceito, de Jane Austen
  4. Cem Anos de Solidão, do colombiano Gabriel Garcia Marques
  5. Dom Quixote, de Miguel de Cervantes
  6. Senhor dos Anéis, escrito pelo britânico J. R. R. Tolkien
  7. Crime e Castigo, de Fiodor Dostoiévski
  8. 1984, de George Owen
  9. O Apanhador no Campo de Centeio, do escritor norte-americano Jerome David Salinger
  10. Moby Dick, considerado um dos maiores romances norte-americano e, escrito por Herman Melville
  11. Lolita, romance de 1955 e escrito pelo romancista russo-americano Vladimir Nabokov
  12. Hamlet, de William Shakespeare
  13. O Pequeno Principe, do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry
  14. Romeu e Julieta, de William Shakespeare
  15. O Grande Gatsby, obra-prima de F. Scott Fitzgerald
  16. Os Lusíadas, de Luís Camões
  17. A Divina Comédia, do ícone italiano Dante Aliguiéri
  18. A República, do filósofo grego Platão
  19. O Príncipe, de Nicolau Maquiavel
  20. Madame Bovary, de Gustave Flaubert
  21. Rei Lear, de William Shakespeare

Os 100 melhores livros publicados no século 21

Para quem busca filtrar uma lista alternativa, o jornal The Guardian também lançou a ousada listas dos 100 melhores livros publicados no século 21. Nesta seleção estão publicações essenciais para se entender o mundo contemporâneo, como Sapiens, do israelense Yuval Noah Harari, e Capital no século 21, de Thomas Piketty. Além disso, elenca uma série de bons livros de ficção lançados.

The 100 best books of the 21st century by The Guardian – The Greatest Books

 

Melhores livros da história: os mais vendidos de todos os tempos

A Revista Bula também divulgou um ranking com os “dez mais” a partir do levantamento em três etapas: primeiro, listas publicadas por diversos veículos como The Paris Review, Business Insider, Washington Post, The Guardian, Telegraph, Toronto Star, New York Times, New Yorker, The Reader’s Digest, Global Times e Financial Times. Depois, compilou as menções de entidades editoriais como a International Publishers Association (IPA), o European and International Booksellers Federation (EIBF) e o International Federation of Library Associations and Institutions (IFLA). Por fim,  pesquisou as empresas de auditagem e pesquisas de mercado Nielsen e a GfK. O campeão foi Don Quixote, cujo volume de vendas chega a ser estimado entre 400 e 500 milhões de cópias!

 

 

O Trampolim Startup Café é um espaço democrático voltado à gastronomia, sim, mas também aos eventos literários e sociais. Sua mão-de-obra é formada por pessoas em situação de vulnerabilidade social e jovens aprendizes. Também funciona como coworking, no apoio a pequenos empreendedores em busca de seu salto profissional. Durante os meses de abril e maio de 2021, nosso restaurante atende para almoço e jantar no sistema de delivery pelo IFood e Rappi. Para pessoas que moram ou trabalham a 800m do nosso espaço, entregamos com equipe própria, mas os pedidos precisam ser feitos pelo nosso Instagram ou WhatsApp. Acesso aos canais se encontra em nosso site: cafetrampolim.com.br

54 bibliotecas públicas de SP para conhecer

Por Eduardo Merli

Muita gente ainda não sabe, mas São Paulo tem à disposição mais de 50 bibliotecas públicas espalhadas pelos bairros da cidade, que oferecem livros de literatura e informação, revistas, gibis, mangás, multimídia entre outros conteúdos. 

Além de pontilharem por bairros da periferia (Campo Limpo, Guaianases, Itaquera) e da região central, os espaços estão bem-conservados, possuem um acervo atualizado, com livros referendados pelo MEC e ótimas doações de cidadãos paulistas. Os locais ainda promovem atividades culturais.

São quase 2 milhões de publicações disponíveis nas bibliotecas, segundo dados de Secretaria de Cultura em 2019, mas ainda pouco acessados anualmente: cerca de 1,5 milhão de paulistanos – apenas 12% da população da cidade.

Para consultar o acervo de todas e reservar livros, acesse o Biblioteca Circula

Bibliotecas temáticas de SP

Parte destas bibliotecas públicas são tematizadas, ou seja, possuem acervo focado em um particular segmento do conhecimento. Um exemplo é a Biblioteca Mário Schemberg, na Lapa, especializada em livro de ciência, mas também com uma excelente biblioteca de livros infantis. Ou a Cassiano Ricardo, no Tatuapé, cujos os quase 30 mil fonogramas à disposição foram gravados entre o começo do século 20 e meados dos anos 1960.

Na Monteiro Lobato, na região da Luz, há um espaço dedicado às histórias em quadrinhos que reúne aproximadamente 7 mil exemplares de álbuns, gibis, mangás e RPG.

No mesmo endereço você encontra ótima literatura infantil e juvenil com uma coleção de obras especializadas. Ligue antes para se informação sobre agendamentos prévios.

Com temática na cultura popular, a biblioteca Belmonte, em Santo Amaro, oferece um bom acervo de obras de literatura de cordel, promovendo até um concurso sobre o tema. A lista dos cordéis completa da Belmonte aqui.

Em Guaianases, a biblioteca Cora Coralina (cujo nome homenageia a grande doceira goiana já falecida) traz a mulher como personagem principal em palestras e atividades. A programação está sempre atualizada no Facebook da biblioteca ou no SPCultura.

Biblioteca com acervo em Braile

A acessibilidade é outro ponto forte em algumas  bibliotecas públicas de São Paulo. A Prefeito Prestes Maia, em Santo Amaro, por exemplo, participa do projeto Ler para Cre por meio do NADEVI, Núcleo de Apoio ao Deficiente Visual

Bibliotecas em Parques Públicos

Não pertencente à Prefeitura, mas ao Governo do Estado de São Paulo, a biblioteca do Parque Vila Lobos, em São Paulo, é excelente para levar as crianças. Possui um vasto acervos de livros infantis e infanto-juvenis, longes de descanso e leitura, além de jogos de tabuleiro e uma gostosa lanchonete com espaços ao ar livre e vista para as áreas verdes do parque.

Já no Parque da Juventude, na Zona Norte, onde ficava o complexo penitenciário do Carandiru, está a Biblioteca de São Paulo, com grande programação cultural (shows, contação de histórias, oficinas de artes para crianças). O edifício também é belíssimo, um orgulho para a nossa cidade.

Confira a seguir a lista de bibliotecas públicas bairro a bairro de São Paulo:


Veja também a lista dos endereços de mídias socias dessas bibliotecas.

Adelpha Figueiredo Pari Malba Tahan Jardim Susana/Veleiros
Affonso Taunay Mooca Marcos Rey Campo Limpo
Afonso Schmidt Freguesia do Ó Mário Schenberg Lapa
Alceu Amoroso Lima Pinheiros Menotti Del Picchia Limão
Álvares de Azevedo Vila Maria Milton Santos Aricanduva
Álvaro Guerra Pinheiros Narbal Fontes Santana
Amadeu Amaral Jardim da Saúde Nuto Sant´Anna Santana
Anne Frank Itaim Bibi Padre José de Anchieta Perus
Aureliano Leite Parque S. Lucas Paulo Duarte Jabaquara
Belmonte Santo Amaro Paulo Sérgio Duarte Milliet Tatuapé
Brito Broca Pirituba Paulo Setúbal Vila Formosa
Camila Cerqueira César Butantã Pedro Nava Mandaqui
Cassiano Ricardo Tatuapé Prefeito Prestes Maia Santo Amaro
Castro Alves Jardim Patente Prof. Arnaldo Magalhães Giácomo 
Tatuapé
Chácara do Castelo Jard da Glória Raimundo de Menezes São Miguel
Clarice Lispector Siciliano Raul Bopp Aclimação
Cora Coralina Guaianases Ricardo Ramos Vila Prudente
Érico Veríssimo Parada de Taipas Roberto Santos Ipiranga
Gilberto Freyre Sapopemba Rubens Borba Alves de Moraes E.Matarazzo
Hans Christian Andersen Tatuapé Sérgio Buarque de Holanda Itaquera
Helena Silveira Campo Limpo Sylvia Orthof Tucuruvi
Jamil Almansur Haddad 
Guaianases
Thales Castanho de Andrade 
Freguesia do Ó
José Mauro Vasconcelos 
Edu Chaves
Vicente de Carvalho Itaquera
José Paulo Paes Penha Vicente Paulo Guimarães Vila Curuçá
Jovina Rocha Álvares Pessoa 
Artur Alvim
Vinicius de Moraes Itaquera
Lenyra Fraccaroli 
Vila Nova Manchester
Viriato Corrêa Vila Mariana
A localização de cada biblioteca pública de SP também está em link único do
Google Maps.

Livro de dark romance será lançado no café Trampolim na Consolação

Inconsequente, de Zoe X, traz a continuação do livro Indomável, lançado em 2018; temas como abuso físico e psicológico compõem novamente o enredo

No próximo dia 8 de fevereiro, das 16h às 19h, no Trampolim, café e restaurante na Consolação, a 300 m da avenida Paulista e ao lado da estação Paulista do Metrô, recebe o lançamento do livro Inconsequente, da escritora Zoe X.

Trata-se da continuação do livro Indomável, lançado em 2018 e dentro do subgênero dark romance (que explora relações de abuso físico e psicológico, prazer e anti-heróis em sua narrativa). Após viverem uma montanha russa de sentimentos fortes e ao mesmo tempo agressivos, dominação e de consentimento questionável, Elizabeth e Louis não perdem seu envolvimento. Ela não quer mais vê-lo depois de todo o mal que ele lhe causou. Ele, um Don da máfia, dominador e envolvido por suas mentiras, volta à sua terra-natal, mas só pensa em tê-la de volta quando retornar. Como reconquistar uma mulher indomável?  

No evento Trampolim, café na Consolação, a 300m da avenida Paulista, a autora Zoe X (que prefere ser chamado apenas pelo pseudônimo), estará presente conversará com os leitores sobre o livro e também sobre sua carreira de escritora. O livro Inconsequente estará à venda e poderá ser autografado pela autora.

Lançamento do livro Inconsequente, de Zoe X

Trampolim Startup Café

8 de fevereiro

16h/19h

Entrada livre

Rua da Consolação, 2303, a 150m do metrô Paulista e a 300m da avenida Paulista

Sobre o Trampolim – O Trampolim Startup Café serve lanches, diversos tipos de café, pratos quentes e frio, além de cafés, sobremesas, comidinhas, cervejas e chope. Serve bufê de almoço de segunda a sexta e pratos à la carte todos os dias no almoço e no jantar. Também é um espaço de coworking. Reservas pelo site ou redes sociais (Facebook e Instagram).