Ações solidárias para engajar na quarentena

Ações solidárias é o precisamos neste momento de pandemia global. E nossa comunidade em São Paulo e pelo Brasil vêm se unindo. Diversas organizações sociais organizadas buscam apoiar as pessoas vulneráveis e trabalhadoras, os estudantes em regiões sem acessos à internet ou mães que precisam de alimento e itens de higiene. Conheça algumas delas e saiba como doar ou oferecer ajuda voluntária:

Solidariedade para mudar

Na cidade de São Paulo, temos centenas de milhares de desempregados e outros tantos milhões de trabalhadores na informalidade. Ambulantes, entregadores, motoristas de aplicativos… A rede Solidariedade para mudar tem como embaixadores atores, escritores, jornalistas e personalidades na busca por cessões de itens básicos de higiene e alimentação, além de uma plataforma online para doações.

https://www.solidariedadesp.org

Abra a gaveta, doe

O Abra a gaveta, doe é um movimento da sociedade civil para apoiar os estudantes da rede pública do Estado de São Paulo, engajar a população e mostrar a importância da educação para reduzir a desigualdade do país. Sabe aquele notebook, tablet ou smartphone que está esquecido na sua gaveta? Então, abre a gaveta e doe para uma criança estudar a distância.

https://doar.trocafone.com/

Unicef doações

A UNICEF está com diversas ações de combate à pandemia e seus desdobramentos. Os objetivos são contribuir para a prevenção, a detecção precoce e o controle do coronavírus no País; e mitigar os impactos da epidemia na vida de meninas e meninos.

As iniciativas incluem diferentes frentes de trabalho. A primeira delas é informar a população em geral, e os grupos mais vulneráveis, sobre como proteger a si mesmos e suas famílias da Covid-19 e enfrentar as fake news.

Outra frente de trabalho é a mobilização de parceiros do setor privado para o fornecimento de suprimentos como itens de higiene e proteção para quem mais precisa.

Por fim, trabalha com governos nos níveis federal, estadual e municipal, empresas e sociedade civil para mitigar o impacto da crise e garantir a continuidade dos serviços – saúde, educação, assistência social e proteção contra a violência – adaptados à nova realidade.

Para doar:

https://secure.unicef.org.br/Default.aspx?origem=covid19

Para conhecer todas as ações do UNICEF:

https://www.unicef.org/brazil/10-acoes-do-unicef-para-responder-ao-coronavirus-no-brasil

Mães da Favela

A Central Única das Favelas está com uma campanha de arrecadação de cestas básicas para mães que moram em favelas. A CUFA está presente nos 27 estados brasileiros e em diversos países no exterior. A campanha possui o apoio da Unesco.

https://www.maesdafavela.com.br/

Café: 20 perguntas que sempre teve dúvida, mas tinha vergonha de perguntar

A Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) divulgou que cada brasileiro consome, em média, 5 kg de café por ano, o equivalente a nada menos do que 81 litros de café. Mas mesmo com toda esta experiência prática da bebida ainda temos dúvidas sobre seu consumo ou desejamos saber mais curiosidades do nosso cafezinho. Nossa equipe reuniu as respostas sobre perguntas que ouvimos em nosso salão sobre o café, de clientes com muitas curiosidades e dicas de saúde Vamos a elas?

Café e a sua saúde

Café dá sono em algumas pessoas?

Não. Uma pesquisa feita pela Universidade Wayne State de Michigan, nos Estados Unidos, defende que o consumo moderado da bebida pode reduzir o sono. Outro estudo, publicado na revista Science Translation Medicine, diz que a cafeína é um estimulante, que pode atrasar a produção de melatonina, o hormônio do sono. Há médicos que mostram que sensibilidade à cafeína muda de acordo com fatores genéticos.

Café vicia?

Não, uma vez que não possui somente cafeína em sua composição. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), “não há nenhuma prova de que o uso de cafeína tenha consequências físicas e sociais comparáveis, ainda que remotamente, às consequências de drogas”.

Café faz bem?

O café pode ser um aliado na luta contra doenças como câncer, alzheimer, depressão, estresse e diabetes. Também ajuda na digestão e rejuvenesce as células

Café faz mal?

A bebida só é contraindicada para quem apresenta insônia, osteoporose avançada, irritações no estômago ou hipersensibilidade à cafeína.

Qual a quantidade ideal de café por dia?

Segundo pesquisas, o consumo seguro diário para adultos sem nenhuma sensibilidade à cafeína é no máximo de 400 mg da substância por dia ou 4 xícaras de café fresco (225 ml). Mas pode-se tolerar até 6 dependendo da pessoa.

Café emagrece?

Sim, facilita a queima de calorias. Estima-se que a ingestão média de 6 xícaras diárias causa um aumento no consumo de energia de aproximadamente 100 calorias.

O café dá dor de cabeça?

Não. A cafeína é encontrada como adjuvante de vários medicamentos, frequentemente utilizados para o alívio de dor de cabeça. A cafeína tem propriedades vasoconstritoras e dá efeito analgésico.

Café dá dor de barriga?

Não há pesquisa científica que comprove que o café ocasione problemas digestivos. Porém, procure adotar bons hábitos, como tomar o café feito na hora, uma bebida com grãos arábica ou robusta de qualidade.

Café é bom para pele?

O café é um esfoliante natural eficaz. Os grãos moídos estimulam a remoção celular e têm efeito anti-inflamatório. Também elimina os maus odores e ao mesmo tempo promove uma limpeza profunda.

Café é diurético?

Sim, ele combate a retenção de líquidos. Os mesmos resultados podem ser obtidos com outras bebidas, como algumas variedades de chás.

As curiosidades

Café é fruta?

Café é a fruta do cafeeiro. A semente é uma pequena esfera verde. Quando fica madura tem um vermelho intenso.

Quando o café chegou ao Brasil?

A planta veio para o Brasil em 1727, quando o governador do Pará enviou o sargento-mor do exército, o senhor Francisco de Melo Palheta, para a Guiana Francesa. Ele foi com a intenção de trazer sementes e mudas da sob o pretexto de mediar uma disputa de fronteiras.

E essa história de café com leite, quando surgiu?

O café com leite surgiu na Europa. Quando entrou nesse continente foi por regiões leiteiras (Países Baixos). Eles tiveram a ideia de misturar o café com o leite para dar a energia do café e o alimento do leite.

Essa ideia não deu muito certo dentro da Europa, já que o leite não era produzido em todas as regiões. A reinvenção surgiu na Itália, com o surgimento do cappuccino. Com o neocolonialismo, o café com leite se espalhou para a Ásia, Américas e Oceania.

Quem descobriu o café?

A teoria mais aceita é que o café foi descoberto por um pastor de cabras etíope que notou que seu rebanho ficava muito alegre depois de comer as frutinhas avermelhadas de uma determinada árvore. Ele resolveu experimentá-las também, e descobriu o poder estimulante do café.

E qual café foi gravado o filme “O Fabuloso Destino de Amelie Poulain”?

O café ‘2 Moulins‘, em Paris. O estabelecimento no bairro de Montmartre vive cheio de turistas, a maioria fã do longa, lançado em 2001. A personagem principal do filme do diretor Jean-Pierre Jeunet, vivida pela atriz Audrey Tautou, trabalhava no “2 Moulins”, e foi lá que várias cenas foram gravadas.

Em qual café foi escrito Harry Potter?

O Elephant House Cafe, em Edimburgo, é amplamente considerado como o local onde a autora de 54 anos escreveu o primeiro dos sete romances de fantasia.

Café feito com sangue de Boi é notícia fake?

Sim. O assunto ganhou grande repercussão nas redes sociais no começo do ano de 2020. Mas No dia 4 de fevereiro de 2020, a Associação Brasileira da Indústria do Café veio a público informar por meio de uma nota que as acusações de que o café em pó brasileiro feito com a adição de sangue de boi são infundadas.

Os grãos e modos de servir

Quais os melhores grãos para um bom café?

Prefira o arábica. Mas há boas marcas de robusta também. Consulte a Associação Brasileira de Cafés Especiais para saber mais.

Existe café gelado?

Sim! Ele pode ser feito com o café extraído a quente (como o café gelado vietnamita e thai) e com o café instantâneo (café gelado indiano). Mas o chamado cold brew é feito com água fria, em um processo de extração mais lento, gota a gota.

O que é café solúvel?

É o tipo de café desidratado e que não precisa ser coado. É produzido em 4 etapas: torragem, moagem, extração e secagem. O grão cru é colocado em cilindros especiais para torrarem até estourarem como pipoca; depois são moídos em cortes milimétricos, passam por extração, na qual o pó é hidratado, passando por um processo de imersão em água. Na secagem, a etapa mais importante e que difere o café solúvel do café normal, os grãos são desidratados e saem prontos para embalar.

Se chegou até aqui é porque é apaixonado por café como nós. Então, leia mais:

Quais as melhores cafeterias com wifi em São Paulo e perto do metrô?

Qual o melhor grão para tomar café?

Como faze uma café coado perfeito em casa.

Os principais métodos nas cafeterias para extrair café