Restaurantes na Paulista e Consolação: 30 dicas

Restaurantes na região da Paulista e Consolação são fáceis de se encontrar. As imediações da avenida mais famosa de São Paulo e do bairro vizinho são pródigas em ótimo endereços, que servem refeições saudáveis, veganas, caseiras, para o dia a dia, a preços baratos ou mais caros, com receitas sofisticadas para momentos especiais. Muitos apesentam wi-fi grátis. Vamos a eles:

Bom e baratos

Trampolim Startup Café

A 150 metros do metrô Paulista e a 250 do metrô Consolação, este mix de café e restaurante variado serve ótimas sopas para combater o friozinho do inverno, pratos leves, como saladas, paninis, estrogonofe e espaguete vegano, além de uma grande variedade de refeições para o almoço a trabalho do dia-a-dia. Um deles é o picadinho da casa; outra boa pedida, o nhoque de batata-doce com manjericão e tomate. Os preços são camaradas e variam entre R$ 20 e R$ 36 em média.

Para quem só busca beliscar, depois ou antes de uma sessão no cinema Bela Artes (ao lado) ou pós passeio pelos museus e galerias da avenida Paulista ou lojas de decoração da Consolação, vale a seção de sobremesas do cardápio, com muitos doces feitos pelos nanofornecedores da periferia da cidade de São Paulo que o Trampolim apoia (70% do menu). É o caso do bolo indiano da Márcia, uma doceira de Americanópolis, bairro do extremo sul da cidade, Leva especiarias, chocolate, leite condensado e custa apenas R$ 12 reais um generosa fatia.

R. da Consolação, 2303 – Consolação

Confira aqui o cardápio.

www.cafetrampolim.com.br

Trampolim_café_restaurante_consolação_paulista_sp
Trampolim Startup Café, restaurante bom e barato na Consolação, ao lado
do metrô Paulista, em São Paulo

Ciccillo Pizzaria

Além de pizzas artesanais, a casa oferece pratos, chopes e coquetéis em ambiente contemporâneo e criativo.

Cantina Piolin

Um clássico da Consolação, sempre servindo pratos tradicionais cantineiros como lasanhas, sofiolis e pizzas.

http://www.cantinaepizzariapiolin.com.br/

Exquisito

Mistureba animada de loja, lanchonete e restaurante com cardápio de clara tendência mexicana e sul americana.

https://www.facebook.com/barexquisito/

Taqueria La Sabrosa

Especializada em comida mexicana: guacamole, tacos, bebinhas. A fachada, toda rosa e com janelinha azul, dá um tom simpático e acolhedor. Os pedidos são feitos diretamente no caixa e pagos na hora. Os clientes levam sua bebida até uma das mesas ou balcões com bancos altos que compõe o ambiente e aguardam até que o pedido seja entregue pela equipe.

https://www.facebook.com/taquerialasabrosasp/?id=1496593203904239

Restaurantes na Paulista e Consolação: Cozinha com chefs famosos

Capim Santo

O Capim Santo reflete um Brasil tropical com um lindo jardim, um oásis no meio de São Paulo. Mesas de madeira arredondadas, cercadas por cadeiras amarelas, se espalham por um grande terreno arborizado. No menu estão as receitas de chef Morena Leite, que vão de moqueca a risoto, de barriga de porco com favas e molho de tangerina a peixes com acompanhamentos tropicais.

http://restaurantecapimsanto.com.br/restaurante/sao-paulo/

Tappo Trattoria

Receitas clássicas de cantina italiana e outras inovadoras em restaurante comandado pelo chef Benny Novak, que também chefia o Ici Brasserie. Tudo é servido em um ambiente descolado: lembra um vagão de trem, com bancos na lateral e bar nos fundos.

http://www.tappo.com.br/

Wanderlust

Inspirado em destinos turísticos, o bar oferece petiscos, coquetéis e música, em ambiente moderno e descolado. Também serve refeições, como rigatonni com cogumelos, Steak de angus com fritas e risoto com burrata e tomates secos.

https://www.thefork.com.br/restaurante/wanderlust-bar-e-cozinha-r476521

A Baianeira – MASP

A filial dentro do MASP vive cheia assim como a matriz na Barra Funda, onde a chef Manuelle Ferraz, natural de Almenara, no Vale do Jequitinhonha, se instalou há seis anos para morar e criar suas receitas, inspiradas nos pratos da infância e adolescência em Almenara. No MASP, A Baianeira traz novidades. A primeira é uma carta especial de drinques, preparada por Néli Pereira, do Espaço Zebra, que assina o bar. Por fim, o brunch aos fins de semana, que aqui vai se chamar Café tardio, mais ao gosto brasileiro.

https://masp.org.br/abaianeira

Balaio – IMS

Chefiado por famoso chef Rodrigo Oliveira (Mocotó), o Balaio é, como o nome diz, um cesto que mistura as diferentes culturas culinárias do país. Fica no térreo do Instituto e trabalha no almoço e no jantar. Os pratos são individuais, como o arroz de linguiça bragantina ou para compartilhar, como a moqueca de caju. Tem opções vegetarianas e para a happy hour, petiscos e coquetéis exclusivos. No quinto andar, funciona também o Balaio café, com pães de fermentação natural, bolos e cafés.

https://balaioims.com.br/

Jiquitaia

Carolina Bastos Moreira Pinto, a Nina, e Marcelo Corrêa Bastos comandam esta casa que se tornou sinônimo de comida brasileira em São Paulo, fazendo muito sucesso e muitas filas.

Tasca da Esquina

Especializado em delícias portuguesas, é chefiado por Vitor Sobral – um dos grandes nome da gastronomia lusa em Portugal. Ele se juntou neste moderno restaurante da Alameda Itu, 225, com Hugo Nascimento e Luís Espadana e serve suas refeições em ambientes voltados para rua ou na calçada, em mesas altas e descontraídas.

https://tascadaesquina.com/pt-br/

Restaurantes na Paulista e Consolação: tradicionais

Sujinho

Outra instituição de São Paulo. Nasceu há mais de 60 anos e costuma receber desde sempre  boêmios à noite em busca de seus lanches e pessoas a trabalho no almoço. Os que gostam de curtir a madrugada paulistana, o restaurante da Consolação fica aberto até 5h da manhã. O carro-chefe do cardápio é a bisteca bovina. 

http://www.sujinho.com.br/Sujinho/

Casimiro Ristorante Dal Tatini

Em sua quinta geração de cozinheiro, este clássico restaurante italiano de São Paulo na Consolação serve de Camarão Mary Stuart com maça, creme de leite fresco e flambado no whisky acompanhado de arroz branco até o tradicional Risotto à Milanesa com Zaferano. Apesar da tradição, o ambiente é moderníssimo e os vinhos, além das instituições viníferas italianas, passeia por países como Israel, Chile, Espanha e Portugal.

https://casimiroristorante.com.br/

O Mestiço

Cozinha contemporânea variada, com especialidades tailandesas e toques baianos.” Este é o conceito do Mestiço, desde seu início em 1997.

http://www.mestico.com.br/

América

Famosa rede de comida rápida, serve de sanduíches a pratos feitos, massas e sobremesas. As unidades contam com espaços kids e ambiente colorido. Sua unidade na avenida Paulista fica próxima ao metrô Consolação.

https://www.restauranteamerica.com.br/restaurantes/paulista

Sancho Bar Y Tapas

Serve a autêntica culinária espanhola, com tapas muito famosas e uma seção de pães e massas elogiável. Entre os pratos que valem a visita estão bife chorizo, moleja de terneira e a paella del mar. Outro destaques são os vinhos, com uma carte especial selecionada pelos dois sócios da casa.

http://www.sanchobarytapas.com.br/

Antonietta Cucina

A discreta portilha ao lado do cemitério da Consolação leva a um imponente ambiente que lembra uma casa requitada e moderna. Nela, o restauranteur Milton Freitas e o sommelier Alessandro Tagliari oferecem aos seus clientes pratos clássicos de pastas, carnes e peixes e receitas próprias do chef italiano Antonio Maiolica, responsável pelas cozinhas do Antonietta, em conjunto com o chef Rafael Januzzi. Para acompanhar todos esses sabores, o Antonietta conta com uma carta de vinhos com mais de 150 rótulos.

Pateo da Luz

Na avenida Paulista, dentro do shopping Center 3, exibe em sua decoração mais de 80 mil pregadores de roupas que forram o teto principal dando a atmosfera informal. Os pratos passeiam pela gastronomia variada no almoço e rodízio de pizzas no jantar.

http://www.pateodaluz.com.br/

Cantina do Piero

De pai para filho a três gerações a Cantina do Piero Il Vero foi fundada em novembro de 1990 nos Jardins. Seu fundador, o italiano Pier Luigi Grandi, trabalhou com grandes nomes da gastronomia, como o de Giovanni Bruno. No restaurante da Haddock Lobo, 728, prepara clássicos como risotos, massa e carne à moda cantineira, com receitas tradicionais e fartas.

http://cantinadopiero.com.br/index.html

Manai Gastronomia

Rede de restaurantes fundada em 2009 e que serve na especialidade variado. Possui dois endereços na região da Paulista e Consolação, abrindo apenas para almoço nelas: na Alameda Santos, 1219, e na rua Augusta, 1605. Os ambientes são amplos e rústicos.

https://www.manaigastronomia.com.br/

Gopala

Vegetariano, com destaque para opções ovo-lacto-vegetarianas em menus que mudam a cada dia da semana. Funciona na rua Antônio Carlos, 413

Restarantes de redes

Divino Fogão

https://www.divinofogao.com.br/

Viena (Conjunto Nacional)

http://viena.com.br/lojas/viena-express-shopping-conjunto-nacional/

Méqui 1000 – Mc´Donalds Avenida Paulista

https://www.mcdonalds.com.br/enderecos

Abraccio

Tem unidade na Avenida Paulista, 2064, dentro do Shopping Center 3.

http://www.abbracciorestaurante.com.br/

Restaurantes na Paulista e Consolação: outros imperdíveis

Planetas SP

http://www.planetas-sp.com.br/

O Mineiro

https://www.ifood.com.br/delivery/sao-paulo-sp/o-mineiro-consolacao/2047de77-5c30-42df-b368-b002b1199f7d?utm_medium=share

Restaurante Jabuticaba

https://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g303631-d7645912-Reviews-Jabuticaba_Gastronomia-Sao_Paulo_State_of_Sao_Paulo.html

Mercearia do Francês

Gostou do nosso conteúdo sobre Restaurantes na Paulista e Consolação? Quer saber mais sobre a gastronomia na Consolação e Paulista? Acesse então o nosso guia de cafeterias para estas duas regiões:

Ações solidárias para engajar na quarentena

Ações solidárias é o precisamos neste momento de pandemia global. E nossa comunidade em São Paulo e pelo Brasil vêm se unindo. Diversas organizações sociais organizadas buscam apoiar as pessoas vulneráveis e trabalhadoras, os estudantes em regiões sem acessos à internet ou mães que precisam de alimento e itens de higiene. Conheça algumas delas e saiba como doar ou oferecer ajuda voluntária:

Solidariedade para mudar

Na cidade de São Paulo, temos centenas de milhares de desempregados e outros tantos milhões de trabalhadores na informalidade. Ambulantes, entregadores, motoristas de aplicativos… A rede Solidariedade para mudar tem como embaixadores atores, escritores, jornalistas e personalidades na busca por cessões de itens básicos de higiene e alimentação, além de uma plataforma online para doações.

https://www.solidariedadesp.org

Abra a gaveta, doe

O Abra a gaveta, doe é um movimento da sociedade civil para apoiar os estudantes da rede pública do Estado de São Paulo, engajar a população e mostrar a importância da educação para reduzir a desigualdade do país. Sabe aquele notebook, tablet ou smartphone que está esquecido na sua gaveta? Então, abre a gaveta e doe para uma criança estudar a distância.

https://doar.trocafone.com/

Unicef doações

A UNICEF está com diversas ações de combate à pandemia e seus desdobramentos. Os objetivos são contribuir para a prevenção, a detecção precoce e o controle do coronavírus no País; e mitigar os impactos da epidemia na vida de meninas e meninos.

As iniciativas incluem diferentes frentes de trabalho. A primeira delas é informar a população em geral, e os grupos mais vulneráveis, sobre como proteger a si mesmos e suas famílias da Covid-19 e enfrentar as fake news.

Outra frente de trabalho é a mobilização de parceiros do setor privado para o fornecimento de suprimentos como itens de higiene e proteção para quem mais precisa.

Por fim, trabalha com governos nos níveis federal, estadual e municipal, empresas e sociedade civil para mitigar o impacto da crise e garantir a continuidade dos serviços – saúde, educação, assistência social e proteção contra a violência – adaptados à nova realidade.

Para doar:

https://secure.unicef.org.br/Default.aspx?origem=covid19

Para conhecer todas as ações do UNICEF:

https://www.unicef.org/brazil/10-acoes-do-unicef-para-responder-ao-coronavirus-no-brasil

Mães da Favela

A Central Única das Favelas está com uma campanha de arrecadação de cestas básicas para mães que moram em favelas. A CUFA está presente nos 27 estados brasileiros e em diversos países no exterior. A campanha possui o apoio da Unesco.

https://www.maesdafavela.com.br/

30 cafés na região da Paulista e Consolação

Cafés na região da Paulista e Consolação são fáceis de se encontrar. As imediações da avenida mais famosa de São Paulo e do bairro vizinho são pródigas em ótimas cafeterias, que servem refeições saudáveis, veganas, caseiras, para o dia a dia, além de doces e salgados. Muitos apesentam preços baratos, com wi-fi grátis. Vamos a eles:

Trampolim Startup Café

Diferente de todos os outros, tornou-se um café de engajamento social. Sua equipe é formada apenas por funcionários em situação de vulnerabilidade social (negros, refugiados, jovens em primeiro emprego…). No cardápio, 70% das receitas servidas são feitas por fornecedores de regiões periféricas da cidade de São Paulo, em um esforço de gerar distribuição de renda. Moderno e descolado, o ambiente atrai microempreendedores, professores de cursos de línguas, profissionais liberais, grupos de literatura e música, além de pessoas interessadas em reuniões de trabalho já que o espaço também serve de coworking (tem biombos para separar grupos, mesas com telas para apresentação e telão no salão). No menu, destaque para o pudim de paçoca da nanofornecedora Josi (fresco, todos os dias), o picadinho caseiro da casa e o café expresso e cappuccinos.

R. da Consolação, 2303 – Consolação

www.cafetrampolim.com.br

Starbucks Consolação

A mais confortável unidade da rede norte-americana na região fica dentro de um confortável prédio, com piso de azulejo hidráulico e varanda com vista para a Alameda Santos, a poucos metros da avenida Paulista.

Alameda Santos 1054 | Al Campinas, São Paulo. Tem outras filiais na região.

https://www.starbucks.com.br/

Por um Punhado de Dólares

Cafeteria e bar sofisticado com carta de cervejas, sanduíches gourmet, petiscos e café. Também serve chá gelados. Uma boa opção se está mais perto do Centro da cidade e gosta de um ambiente divertido e progressista.

R. Nestor Pestana, 115 – Consolação

https://www.facebook.com/ppdcafe

Ofner

Filial da famosa rede nacional, iniciada por uma imigrante húngara. A delicatessen que também serve cafés e salgados, além de doces. Tem um bom canole de chocolate. Os gelattos são bem conhecidos da marca.

Avenida Paulista, 2064, loja 31. Também tem uma unidade na avenida Campinas.

https://www.ofner.com.br/

Fabrique Pão e Café

Uma padaria artesanal que também serve um bom café. Pães de fermentação natural, com uso de farinhas francesa ou italiana, além da granola caseira, são os destaques da casa, que possui unidades também na Vila Romana e Água Branca.

R. Itacolomi, 612 – Higienópolis

https://www.facebook.com/fabriquepaes/

Cintra Café

Funciona no térreo de um prédio com várias lojas. Serve refeições, sucos e baurus veganos.

R. Dona Antônia de Queirós, 447 – Consolação

https://www.cintracafe.com.br/

Confeitaria Dulca

Uma das mais famosas confeitarias da cidades, possui fábrica na Barra Funda e lojas, como a da região de Higienópolis, perto da Consolação e Paulista. Serve bolos, tortas, salgados e bombons.

R. Itacolomi, 639, Higienópolis

Vanilla Café

A rede também vende o café em pacotes em diversos pontos comerciais, mas conta também com diversas lojas na capital paulista e no interior de São Paulo, nas quais pode sentar e provar a bebida. Uma delas fica na Oscar Freire, perto do metrô Clínicas.

Rua Oscar Freire, 2250.

Participe da nossa newsletter e receba notícias sobre o mundo do café, curiosidades das cafeterias e muito mais.

Café e Confeitaria Angélica

Avenida Angélica, 2299

https://cafe-e-confeitaria-angelica.negocio.site/

Salgados veganos, sopas veganas, salgados integrais, salgados tradicionais, doces. Entrega também delivery.

Cafeterias famosas

Santo Grão

O Santo Grão é um dos primeiros estabelecimentos de café gourmet em São Paulo e possui lojas espalhadas em diversos pontos da cidade. Faz degustação de cafés, que pode ser escolhida nas versões expresso e coado. Na região da Paulista e Consolação tem unidade na rua Oscar Freire, 413.

A nova lousa da unidade do Morumbi é feita com traços contínuos que lembram uma linha do tempo onde o PASSADO já foi…

Publicado por Santo Grão em Sexta-feira, 15 de abril de 2016

Suplicy Cafés

A rede de cafeterias apresenta em suas diversas lojas espalhadas em São Paulo. O menu apresenta blens com assinatura da casa e torrefação própria. Uma de suas lojas na região fica na Al. Lorena. Outra está dentro do Masp, na avenida Paulista. Endereço nos links abaixo.

https://www.suplicycafes.com.br/encontre-uma-loja

Mais cafés na região da Paulista e Consolação

Sabor Mate

Bom lugar para tomar um mate. Ótimo para tomar antes das sessões de cinema na rua Augusta.

https://www.facebook.com/MatePorFavor/?rf=136570493649159

Galeria Le Village, R. Augusta, 1492 

Kopenhagen

Dentro do shopping Center 3 ou do shopping Frei Caneca. Entre seus clássicos estão o canudo de chocolate.

https://www.kopenhagen.com.br/

cafeteria_maquina_expresso_cafe+consolação_paulista_loja

Arte Nata Empório Português

Doceria e cafeteria tradicional portuguesa, com produção própria seguindo as tradições de fabricação artesanal de todos os seus produtos.

Rua Frei Caneca, 1380

http://emporioartenata.com.br/

Casa do Pão de Queijo

A Casa do Pão de Queijo é uma das maiores franquias de alimentos do Brasil em número de unidades franqueadas no segmento de cafeteria. Possui uma unidade perto da Universidade Mackenzie, na Consolação.

Rua Itambé, 135

http://www.casadopaodequeijo.com.br/

Segredo e Minas Café

Tem unidades na Haddock Lobo e na rua Bela Cintra, ambas nas imediações da avenida Paulista. Restaurante com ambiente agradável para bebericar ou tomar um café.

Haddocl Lobo, 187 e rua Bela Cintra, 919

http://segredosdeminas.com.br/

Scada Café

Vende cafés especiais em 3 endereços: no Shopping Frei Caneca, no Conjunto Nacional e na avenida Paulista, 1079.

http://scadacafe.com.br/

Cine Café Fellini

https://m.facebook.com/cinecafefellini/

No salão, em meio a paredes com pôsteres de clássicos do diretor italiano Federico Fellini, o café serve salgados e docinhos, refeições, além de uma seleção de cervejas especiais. O Fellini também é o café do Espaço Itaú do outro lado da rua (onde estão as salas 1 a 3) e da Cinesala.

Torra Clara

De café com Nutella a waffle de pão de queijo, o Torra Clara tem de tudo um pouco para seus clientes. O ambiente moderninho e descolado chama a atenção, mas o ponto forte mesmo são as bebidas com café, que, aliás, não são poucas.

Endereço: Rua Oscar Freire, 2.286

Lembrando que estamos em manutenção e reabriremos na 4a feira, 21/11 às 8h. Bom feriado!

Publicado por Torra Clara em Segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Soul Café

Oferece cafés em diversos métodos de extração. Também promove cursos de barista.

R. Augusta, 1524 – Loja 6 

https://www.instagram.com/soulcafesp/

Cafeterias com e-commerce

Urbe Café

Vende cafés e equipamentos (moedores, jarras, utensílios para extração da bebida). Tem loja física na Rua Antônio Carlos, 404.

https://www.urbecafe.com.br/

Outros cafés na Consolação

Grão Espresso Angélica

R Maceió, 122, Consolação – São Paulo, SP

www.graoespresso.com.br

Absinia Cafeteria

Um dos cafés na região da Paulista e Consolação interessantes.

R Augusta, 1009, Consolação – São Paulo, SP

Stenna Café

R Augusta, 775, Consolação – São Paulo, SP

Frans Café

http://www.franscafe.com.br/

R. Frei Caneca, 558 – Loja 04

Wall Street Café

R. Bela Cintra, 911

café_franz_consolação

Luar de Agosto

Rua Angélica, 1291 – Higienópolis

Tostare Café Higienópolis

O Irish Coffee é um dos destaques da casa. Famoso, serve-se o café ali em temperaturas mais baixas e preparado em três etapas, com o whisky embaixo, seguido pelo café e o chantilly.

Rua Mato Grosso, 306, Loja 11-Medical Center

http://www.tostare.com.br/

Cafeterias em centros culturais na região da Paulista

Cafeteria Dulce France

Funciona dentro do Centro Cultural da Fiesp.

Av. Paulista, 1313 

http://centroculturalfiesp.com.br/cafeteria

Gostou? Conheça mais sobre história do café, curiosidades do café e cafeterias em nosso site, além de receitas incríveis para fazer em casa:

Cursos online sobre empreendedorismo

Os cursos online de empreendedorismo podem ser de grande aprendizado profissional para quem busca conhecimento constante. Separamos a seguir alguns deles, disponibilizados por instituições renomadas. Alguns são gratuitos; outros têm preços acessíveis, muitas vezes exigindo apenas o custo com o certificado de conclusão.

Mercado, gestão e marketing

Aprender e empreender – Sebrae

Neste curso, você entenderá como funcionam as definições do mercado e o todo o marketing necessário para que o negócio tenha sucesso. Ele debate também as características comportamentais de um gestor. É um curso grátis e o seu acesso é pelo portal do Sebrae.

Liderança, coaching, internet e negócios

FGV – Cursos Gratuitos

A Fundação Getúlio Vargas possui uma variedade de cursos gratuitos em diversas áreas de atuação em razão da parceria da FGV com a Open Education Global (OEG). Entre os temas estão liderança, coaching, internet e negócios. No portal da instituição também há diversos outros cursos online sobre outros temas.

Cursos online sobre empreendedorismo: competências

Coursera Cursos – Unicamp

Na plataforma de aulas online Coursera diversas instituições de ensino superior disponibilizam aulas sem custo ou a baixo custo. A Universidade de Campinas (Unicamp) criou um módulo bem interessante, no qual são explicados os tipos de competência necessários para gerir uma empresa, tomar melhores decisões e, principalmente, como se conectar de forma assertiva com pessoas e organizações para obter oportunidades.

Na Coursera você também acessa a cursos sobre empreendedorismo ministrados por unidades internacionais.

Gostou? Conheça mais nossos conteúdos de empreendedorismo:

Guia sobre Gestão financeira

Cinco maneiras para mulheres empreenderem online

Coworking com espaços para reunião

Se quiser receber os nossos posts com receitas para fazer em casa, conteúdos sobre empreendedorismo, cupons de benefícios do restaurante ou dicas sobre café, deixe seu nome e email abaixo. Enviamos nossos posts todas as semanas para nossos clientes do Trampolim de Vantagens e para os assinantes da nossa newsletter!

Café: 20 perguntas que sempre teve dúvida, mas tinha vergonha de perguntar

A Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) divulgou que cada brasileiro consome, em média, 5 kg de café por ano, o equivalente a nada menos do que 81 litros de café. Mas mesmo com toda esta experiência prática da bebida ainda temos dúvidas sobre seu consumo ou desejamos saber mais curiosidades do nosso cafezinho. Nossa equipe reuniu as respostas sobre perguntas que ouvimos em nosso salão sobre o café, de clientes com muitas curiosidades e dicas de saúde Vamos a elas?

Café e a sua saúde

Café dá sono em algumas pessoas?

Não. Uma pesquisa feita pela Universidade Wayne State de Michigan, nos Estados Unidos, defende que o consumo moderado da bebida pode reduzir o sono. Outro estudo, publicado na revista Science Translation Medicine, diz que a cafeína é um estimulante, que pode atrasar a produção de melatonina, o hormônio do sono. Há médicos que mostram que sensibilidade à cafeína muda de acordo com fatores genéticos.

Café vicia?

Não, uma vez que não possui somente cafeína em sua composição. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), “não há nenhuma prova de que o uso de cafeína tenha consequências físicas e sociais comparáveis, ainda que remotamente, às consequências de drogas”.

Café faz bem?

O café pode ser um aliado na luta contra doenças como câncer, alzheimer, depressão, estresse e diabetes. Também ajuda na digestão e rejuvenesce as células

Café faz mal?

A bebida só é contraindicada para quem apresenta insônia, osteoporose avançada, irritações no estômago ou hipersensibilidade à cafeína.

Qual a quantidade ideal de café por dia?

Segundo pesquisas, o consumo seguro diário para adultos sem nenhuma sensibilidade à cafeína é no máximo de 400 mg da substância por dia ou 4 xícaras de café fresco (225 ml). Mas pode-se tolerar até 6 dependendo da pessoa.

Café emagrece?

Sim, facilita a queima de calorias. Estima-se que a ingestão média de 6 xícaras diárias causa um aumento no consumo de energia de aproximadamente 100 calorias.

O café dá dor de cabeça?

Não. A cafeína é encontrada como adjuvante de vários medicamentos, frequentemente utilizados para o alívio de dor de cabeça. A cafeína tem propriedades vasoconstritoras e dá efeito analgésico.

Café dá dor de barriga?

Não há pesquisa científica que comprove que o café ocasione problemas digestivos. Porém, procure adotar bons hábitos, como tomar o café feito na hora, uma bebida com grãos arábica ou robusta de qualidade.

Café é bom para pele?

O café é um esfoliante natural eficaz. Os grãos moídos estimulam a remoção celular e têm efeito anti-inflamatório. Também elimina os maus odores e ao mesmo tempo promove uma limpeza profunda.

Café é diurético?

Sim, ele combate a retenção de líquidos. Os mesmos resultados podem ser obtidos com outras bebidas, como algumas variedades de chás.

As curiosidades

Café é fruta?

Café é a fruta do cafeeiro. A semente é uma pequena esfera verde. Quando fica madura tem um vermelho intenso.

Quando o café chegou ao Brasil?

A planta veio para o Brasil em 1727, quando o governador do Pará enviou o sargento-mor do exército, o senhor Francisco de Melo Palheta, para a Guiana Francesa. Ele foi com a intenção de trazer sementes e mudas da sob o pretexto de mediar uma disputa de fronteiras.

E essa história de café com leite, quando surgiu?

O café com leite surgiu na Europa. Quando entrou nesse continente foi por regiões leiteiras (Países Baixos). Eles tiveram a ideia de misturar o café com o leite para dar a energia do café e o alimento do leite.

Essa ideia não deu muito certo dentro da Europa, já que o leite não era produzido em todas as regiões. A reinvenção surgiu na Itália, com o surgimento do cappuccino. Com o neocolonialismo, o café com leite se espalhou para a Ásia, Américas e Oceania.

Quem descobriu o café?

A teoria mais aceita é que o café foi descoberto por um pastor de cabras etíope que notou que seu rebanho ficava muito alegre depois de comer as frutinhas avermelhadas de uma determinada árvore. Ele resolveu experimentá-las também, e descobriu o poder estimulante do café.

E qual café foi gravado o filme “O Fabuloso Destino de Amelie Poulain”?

O café ‘2 Moulins‘, em Paris. O estabelecimento no bairro de Montmartre vive cheio de turistas, a maioria fã do longa, lançado em 2001. A personagem principal do filme do diretor Jean-Pierre Jeunet, vivida pela atriz Audrey Tautou, trabalhava no “2 Moulins”, e foi lá que várias cenas foram gravadas.

Em qual café foi escrito Harry Potter?

O Elephant House Cafe, em Edimburgo, é amplamente considerado como o local onde a autora de 54 anos escreveu o primeiro dos sete romances de fantasia.

Café feito com sangue de Boi é notícia fake?

Sim. O assunto ganhou grande repercussão nas redes sociais no começo do ano de 2020. Mas No dia 4 de fevereiro de 2020, a Associação Brasileira da Indústria do Café veio a público informar por meio de uma nota que as acusações de que o café em pó brasileiro feito com a adição de sangue de boi são infundadas.

Os grãos e modos de servir

Quais os melhores grãos para um bom café?

Prefira o arábica. Mas há boas marcas de robusta também. Consulte a Associação Brasileira de Cafés Especiais para saber mais.

Existe café gelado?

Sim! Ele pode ser feito com o café extraído a quente (como o café gelado vietnamita e thai) e com o café instantâneo (café gelado indiano). Mas o chamado cold brew é feito com água fria, em um processo de extração mais lento, gota a gota.

O que é café solúvel?

É o tipo de café desidratado e que não precisa ser coado. É produzido em 4 etapas: torragem, moagem, extração e secagem. O grão cru é colocado em cilindros especiais para torrarem até estourarem como pipoca; depois são moídos em cortes milimétricos, passam por extração, na qual o pó é hidratado, passando por um processo de imersão em água. Na secagem, a etapa mais importante e que difere o café solúvel do café normal, os grãos são desidratados e saem prontos para embalar.

Se chegou até aqui é porque é apaixonado por café como nós. Então, leia mais:

Quais as melhores cafeterias com wifi em São Paulo e perto do metrô?

Qual o melhor grão para tomar café?

Como faze uma café coado perfeito em casa.

Os principais métodos nas cafeterias para extrair café

Café: receita de pudim

A gente adora café e receita de pudim com café é muito bom também! Agora, que tal misturar esta delícia com nossa paixão: o café? Segue a receita desta gostosura

1 xícara (chá) de açúcar

Pudim:

1 Leite (lata ou caixinha) 395g

2 colheres (sopa) de café solúvel

3 ovos

Calda:

1

Em uma panela derreta o açúcar até ficar dourado. Junte meia xícara (chá) de água quente, mexa com uma colher e deixe ferver até dissolver os torrões de açúcar e a calda engrossar.

2

Forre com esta calda uma forma com furo central (19 cm de diâmetro) e reserve.

Pudim

Em um liquidificador, bata todos os ingredientes do pudim.

4

Despeje na forma reservada, cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (180°C), em banho-maria com água quente, por cerca de 1 hora e 30 minutos.

5

Depois de frio, leve para gelar por cerca de 6 horas. Desenforme e sirva a seguir. Se quiser, decore com chantilly e pedacinhos de frutinhas que tenha em casa!

Agora que aprender esta receita de pudim com café, que tal aprender a nossa receita de pudim de paçoca? Ou de pão de ervas? Ou ainda preparar um hambúrguer vegano com falável. Todas estas 3 últimas delícias citadas são servidas no Trampolim Startup Café, localizado na Consolação, na região da avenida Paulista e só a 2 minutinhos da estação Paulista do metrô, linha amarela.

Gestão financeira: 3 guias para superar desafios

O Trampolim sempre foi o café do empreendedorismo e quer te ajudar a superar seus desafios, como MEI, pequeno negócio ou na vida pessoal. Por isso, compartilhamos 3 guias que pretendem esclarecer a gestão financeira pessoal e como fazer um planejamento financeiro mais adequado.

O primeiro deles, e o mais simples e curto, é o Guia de Gestão Financeira do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), que traz 5 passos organizados para sua recomposição neste período de desafios do Covid-19, indo do Levantamento de Despesas à Gestão do Fluxo de Caixa.

Ainda no portal do Sebrae, há uma página com diversas dicas, vídeos e orientações sobre administração em tempo de coronavírus.

O Banco Central publicou em 2003 uma cartilha bem completa e continua útil para quem deseja organizar o relacionamento com o dinheiro. Detalha temas como “Nossa Relação com o Dinheiro”, como elaborar o orçamento familiar, uso de crédito e administração das dívidas, como planejar seu consumo e fala um pouco sobre investimentos. Clique aqui.

Já a Comissão de Valores Imobiliários do Rio de Janeiro montou em 2014 um guia bem simplificado e rápido de ler, com um passo a passo para criar reserva financeira, verificar seu patrimônio líquido entre outros. Vale a pena dar uma olhada. Confira ela completa aqui.

Para quem deseja obter uma planilha de fluxo de caixa, neste link você consegue obter uma bem completa que foi disponibilizada pelo Sebrae.

Clique aqui.

Se a ideia é ir um pouco mais a fundo, a Academia do Dinheiro oferece cursos de gestão financeira e orientações diversas sobre o tema. Um dos educadores da Academia, Mauro Calil, esteve no Trampolim em fevereiro em evento na qual falou sobre gestão financeira e seu novo livro Separe uma verba para ser feliz.

Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia

Neste domingo (17), é o Dia Internacional contra a homofobia, transfobia e bifobia. A data foi criada em 2004 para chamar a atenção para a violência, discriminação e preconceito passado por pessoas lésbicas, gays, bissexuais e transgénero (LGBT), e por vezes também usado para com os mesmos objetivos para incluir pessoas intersexo, e pessoas com expressões de género variantes ou atípicas.

A origem do Dia Internacional Contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia

O 17 de maio foi a data em que, em 1990, a Organização Mundial da Saúde desclassificou a homossexualidade como um distúrbio mental da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID), uma das primeiras grandes conquistas da comunidade e do ativismo LGBT+.

Desde então muitos avanços tem sido registrado neste sentido de igualdade e diversidade. Porém, há um longo caminho à frente. Mas o Dia tornou-se um marco anual importante para chamar a atenção das pessoas tomadoras de decisão para a situação enfrentada por pessoas com uma orientações sexual, identidade ou expressão de género atípicas ou fora das normas de gênero.

A percepção atual

Atualmente, a data é assinalada em mais de 130 países, incluindo 37, onde relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo são ilegais. Recebeu reconhecimento do Banco Mundial, a Associação de Psicologia Norte-Americana, apoio oficial de vários Estados, instituições internacionais como o Parlamento Europeu e inúmeras autoridades locais. Na Austrália, possui uma organização a IDAHOTBIT, cujo website prega a integração da diversidade juntos às escolas e coleta fundos de mais de 1000 estabelecimentos educacionais e comerciais.

Hambúrguer de falafel: receita

Em São Paulo, há diversos lugares que servem bons pratos com falafel, como os restaurantes Le Jazz e Almanara. Aqui no Trampolim Startup Café, Consolação, na região da avenida Paulista, servimos um hambúrguer de falafel bastante procurado pelos clientes. Ele é produzido pela nossa nanofornecedora Alicia Sei, idealizadora e cozinheira na Vicenttina Natural.

Origem

O falafel é um prato de origem do Oriente Médio que é especialmente popular entre vegetarianos e veganos. É uma combinação de grão de bico (ou fava), ervas, especiarias, cebola e massa.

Qualidades nutricionais

Rico em fibras solúveis e insolúveis, que ajudam muito na saúde intestinal, o grão de bico ajuda a controlar o colesterol e até na perda peso.

A pedido do Blog do Trampolim, Alicia enviou a receita do hambúrguer servido em nosso salão para você, agora, fazer em casa!

Receita

Hambúrguer de falafel

Ingredientes:

  • ¾ de xícara de grão-de-bico hidratado por pelo menos 12 horas*
  • ½ cebola branca picada
  • 2 dentes de alho picado
  • 1 colher de sopa de hortelã picada
  • 1 colher de sopa de salsa picada
  • 1 colher de sopa de gergelim branco
  • 1 colher de café de bicarbonato de sódio
  • 1 xícara de purê de batata doce
  • 1 colher de sobremesa de fécula de batata
  • 1 colher de sobremesa de polvilho doce
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 pitada de páprica doce defumada
  • 1 pitada de coentro em pó
  • 1 pitada de cominho em pó

Modo de preparo:

  • 1) Em um processador, colocar o grão-de-bico hidratado, a cebola, o alho, a hortelã, a salsa, o gergelim e o bicarbonato e processar até obter uma mistura homogênea. Reservar.
  • 2) Em uma tigela, misturar os demais ingredientes formando uma massa uniforme.
  • 3) Incorporar a mistura do processador à da tigela, amassando com as mãos até formar uma massa modelável.
  • 4) Dividir a massa em 5 porções iguais (média de 100g) e modelar em um aro ou à mão.
  • 5) Aquecer uma frigideira com um fio de azeite, colocar o hambúrguer e deixar cozinhar até formar uma crosta firme. Virar e cozinhar do outro lado, também até formar crosta. Servir imediatamente.

Dica 1: se não for consumir no momento do preparo, modelar os hambúrgueres, colocar em uma assadeira e congelá-los. Depois, basta fazer o passo 5 com ele congelado mesmo. Congelar também facilita no manuseio ao preparar na chapa ou frigideira. 

Dica 2: ele também pode ser feito assado. Para isso, deve-se aquecer o forno a 180ºC, untar uma assadeira com azeite ou óleo, colocar os hambúrgueres e assá-los por 10 minutos ou até que esteja ligeiramente corados.

 * Este processo de deixar o grão-de-bico de remolho por pelo menos 12 horas faz com que ele hidrate e reduz a quantidade de fatores antinutricionais que são responsáveis pela dificuldade na digestão dos grãos e pela formação de gases intestinais. Esta etapa também viabiliza que ele seja utilizado cru para a preparação da massa, cozinhando-o somente no momento de assar o hambúrguer, com o grão já processado. É recomendável que este remolho seja feito por pelo menos 12 horas, trocando a água de 2 a 4 vezes. 

Mães: 5 maneiras para mulheres empreenderem online

O sonho de ser mãe é maravilhoso, e o de empreendedora também. E milhões de mulheres não estão sozinhas nesta jornada para empreederem. No Brasil, mais da metade das mulheres que têm filhos também trabalha, segundo o IBGE.

Porém, 30% das mulheres ainda deixam o mercado de trabalho para cuidar dos filhos, de acordo com levantamento feito pela Catho. Entre os homens, essa proporção é quatro vezes menor, de 7%.

É importante entender que não é preciso escolher entre a carreira e as crianças, sendo possível equilibrar essas duas vocações e fazer tudo o que mais gosta. Há hoje diversas ferramentas para ajudar que isso aconteça, até mesmo de forma online e sem sair de casa, dando mais flexibilidade.

Reunimos a seguir 5 caminhos para te ajudar:

Marketplaces digitais para empreendedoras de decoração e artesanato

Sites para construir conteúdos e dar aulas online

Aplicativos para serviços de moda e beleza

Startup de delivery para entrega de alimentos para quem faz comida em casa e não tem restaurante

Aplicativo de mobilidade para bairros em regiões periféricas de São Paulo

ARTESÃS E DECORADORAS

Se você entende de decoração, produz artesanatos ou faz brindes por encomenda, há aplicativos e sites que conectam profissionais destas e outras áreas com os consumidores, e você pode captar serviços de encomendas sem precisar sair de casa. Uma delas é a Get Ninjas. Basta de cadastrar e toda a mediação é feita pela plataforma e/ou pelo WhatsApp.

Para quem é artesã e possui produtos ou peças próprias, outra opção é a Elo7, um marketplace onde você pode deixar em exposição suas peças à venda e as pessoas podem comprar de maneira online.

PROFESSORAS E CONSULTORAS

Para dar aulas de música, fazer algum tipo de consultoria ou coaching, ministrar aulas de ginástica e meditação há diversas plataformas online, nas quais você se cadastra e pode organizar aulas. Depois é só chamar seus interessados via redes sociais e outros canais digitais de preferência.

Uma delas é a Hotmart Club. Outra é a Udemy

MODA E BELEZA

Para mães que trabalham com beleza e moda, há muitos aplicativos que agendam a visita de profissionais em casa para atividades como manicure, cabeleireiro e pedicure.

Exemplos:

Make You

Singu

Tok Beauty

GASTRONOMIA E FOOD SERVICE

Para quem tem um pequeno restaurante aberto ou as chamadas dark kitchens é possível vender delivery, usando a logística de entrega do Ifood, Rappi, UberEats. Mas e para quem faz comida em casa, como lanches e marmitas para venda externa?

Uma solução é a Eats For You, um marketplace mobile de refeições caseiras, recém-aportado ao Brasil. Atende, por enquanto, as regiões Alphaville Barueri/SP, Av. Paulista/SP, Av. Faria Lima/SP, Av. Berrini/SP e Cuiabá/MT.

Conecta famílias que amam cozinhar e que buscam uma renda extra ou principal, a pessoas que desejam comer na hora do almoço uma comida feita com muito carinho, a um preço justo.

Outras opções para empreendedoras de restaurantes pequenos em cidades do interior:

https://aiqfome.com

https://site.hamgo.com.br/empresas/

https://robinfood.com.br/

TRANSPORTE E MOBILIDADE

Muitas mães motoristas conhecem o Uber, Cabify e 99 Táxis. Mas nem sempre esses prestadores de serviço conseguem atender os bairros mais distantes dos grandes centros. Por isso, iniciativas como a da Jaubra são fundamentais para garantir acesso à mobilidade e promover impacto social.

A empresa mostra que é possível conciliar tecnologia e atendimento personalizado, mantendo uma alternativa para pessoas com dificuldade de leitura, através do atendimento por WhatsApp e por meio de uma central telefônica.

Por Eduardo Merli